03 de julho de 2020

Suposto namorado de Gugu desmente homem que diz ser seu ex-marido

Thiago Salvático usou as redes sociais para esclarecer o assunto


Por Folhapress Publicado 29/06/2020
Foto: Reprodução/Instagram

Thiago Salvático, que se declara ex-namorado de Gugu Liberato, usou as redes sociais no domingo (28) para esclarecer que nunca foi casado com o empresário Guilherme Stangherlin.

Stangherlin havia declarado nos últimos dias que manteve um relacionamento com Salvático por quatro anos na Alemanha, durante o suposto namoro com Gugu, e que eles são sócios de sorveterias no país.

“Nunca fui casado ou mantive união estável com a pessoa que tem se apresentado como meu marido”, afirmou Salvático através de uma série de Instagram Stories. Ele confirma que Stangherlin era um funcionário de uma das sorveterias, mas que nunca se relacionaram amorosamente.

“Foi demitido em 2018 e recontratado neste ano. Em maio foi demitido por abandono de emprego”, alega Salvático. “Ele nunca morou comigo. Residia em imóvel destinado aos colaboradores das minhas sorveterias. Esse assunto está aos cuidados dos advogados criminalistas que constitui para investigar os fatos. Por orientações deles me mantive em silêncio até o momento. Eles tomarão providencias cabíveis contra essa pessoa e contra quem mais estiver envolvido”.

Stangherlin entrou na justiça contra Salvático, alegando que foi traído por ele, com Gugu Liberato. “Nesses quase cinco anos que a gente morava junto eu nunca vi o nome de Gugu. Eu tinha acesso ao celular dele, a gente dormia junto. O nome do Gugu eu nunca ouvi nesse período que eu estava com ele, de 2016 até dia 23 de maio, quando eu saí da nossa casa”, disse o empresário ao colunista Leo Dias.

“Nunca vi coisas do Gugu, fotos do Gugu, nunca tive ciência de nada disso. Se ele teve algum envolvimento, ele foi muito… não quero falar esse palavrão. Ele foi muito manipulador. Me manipulava. Hoje eu tenho certeza disso, plena certeza que ele me manipulava. E me mantinha num cárcere psicológico”, continuou. “Só hoje consigo entender a gravidade disso, desse relacionamento abusivo que estava vivendo”.