02 de junho de 2020

Se estivesse vivo, Gugu Liberato comemoraria 61 anos em restaurante japonês favorito, diz viúva

Aos fãs do apresentador, Rose Miriam pede que "continuem amando o Gugu como vocês sempre amaram, porque ele amava muito vocês"


Por Folhapress Publicado 09/04/2020
Família de Gugu quer expulsar irmão de viúva de residência
Reprodução/Instagram

O apresentador Gugu Liberato, que morreu em novembro de 2019, completaria 61 anos nesta sexta-feira (10). Em conversa com o advogado Nelson Wilians, sua viúva, Rose Miriam, afirmou que a família provavelmente estaria reunida em casa neste momento e, caso não estivessem em período de isolamento, comemorariam no restaurante japonês favorito de Gugu.

“As crianças amavam ir lá com ele. Iríamos os cinco -Gugu, eu, João, Sofia e Marina-, com certeza, comemorar os 61 anos dele, com toda alegria”, afirmou.

Relembrando a vida do apresentador, a viúva ainda recordou do período em que Gugu foi coroinha. “Era um homem de muita fé, um homem cristão. E estaria aqui com a gente relembrando a morte de Jesus na Cruz. Gugu acreditava na salvação e na vida eterna. E hoje o Gugu dorme, está dormindo em Cristo.”

Aos fãs do apresentador, Rose Miriam pede que “continuem amando o Gugu como vocês sempre amaram, porque ele amava muito vocês”.