10 de dezembro de 2019

Owen Wilson deverá pagar pensão mensal de R$ 100 mil para filha que ele nunca viu

Segundo o site Radar Online, a pequena Lyla nasceu em outubro de 2018 e já na ação em que pediu teste de DNA o artista afirmou que não queria conhecê-la


Por Folhapress Publicado 04/12/2019
Owen Wilson (Divulgação)
Owen Wilson (Divulgação)

O ator Owen Wilson, 51, deverá pagar uma pensão mensal de US$ 25 mil (mais de R$ 100 mil) para a filha de um ano que ele ainda não conhece. Segundo o site Radar Online, a pequena Lyla nasceu em outubro de 2018 e já na ação em que pediu teste de DNA o artista afirmou que não queria conhecê-la.

A mãe da criança, Varunie Vongsvirates, descobriu a gravidez quando não estava mais com o ator e apresentou uma petição de paternidade em 30 de maio de 2018, antes de dar à luz. Na resposta, Wilson afirmou, em julho do ano passado, que não queria visitas e que não tinha certeza se era o pai do bebê.

De acordo com a publicação, o casal não teve mais contatos desde que Vongsvirates comunicou a gravidez, porque o ator teria mudado seu número de telefone. Apesar disso, o teste de DNA confirmou a paternidade e agora a Justiça estabeleceu a pensão, além de confirmar a guarda exclusivamente para a mãe.

Segundo o acordo firmado entre o ator e sua ex-namorada, Wilson também pagará US$ 35 mil (R$ 147 mil) pelos custos judiciais e mais US$ 35 mil (R$ 147 mil) por gastos que ela já teria tido com contratações como de babá. Owen já é pai de dois meninos, de 8 e 5 anos.