30 de setembro de 2020

Funk do ticolé desbanca Whindersson Nunes e Felipe Neto como vídeo do ano no YouTube

"Caneta Azul", do maranhense Manoel Gomes, que virou fenômeno no Brasil, aparece em quinto lugar no ranking


Por Folhapress Publicado 05/12/2019

Não deu para Whindersson Nunes, Felipe Neto ou KondZilla. Apesar dos três reunirem em seus canais no YouTube milhares de seguidores, o vídeo do ano na plataforma foi feito por dois adolescentes de Porto Alegre, que nem imaginavam que fariam tanto sucesso com “Ticolé É Muito Bom”.

Desenvolvido por Matheus Gonçalves e Bruno Reis, o vídeo viralizou ao exaltar em batida funk o ticolé, sorvete congelado preparado em um saco plástico que, dependendo da região do país, é conhecido como sacolé, geladinho ou gelinho.

O vídeo é de janeiro e gerou inúmeros memes, um jogo para celular e até coreografias profissionais.

“Ticolé É Muito Bom” aparece em primeiro lugar em lista divulgada pelo YouTube nesta quinta-feira (5), que reúne os assuntos que mais bombaram na plataforma em 2019.

Para chegar ao ranking foram levados em conta não só o número de visualizações, mas também outros fatores como curtidas, interações, a rapidez com que o vídeo se tornou conhecido e a origem das visualizações (inclusive fora do YouTube).

O influenciador e humorista Whindersson Nunes surge em segundo na lista dos vídeos brasileiros com um relato engraçado sobre o dia em que assistiu o filme “Bird Box”, da Netflix, com Sandra Bullock.

“Caneta Azul”, do maranhense Manoel Gomes, que virou fenômeno no Brasil, aparece em quinto lugar no ranking.

O YouTube divulgou ainda outras listas, como a dos vídeos de música mais em alta no Brasil. O primeiro lugar ficou com Matheus e Kauan com “Vou Ter que Superar”, em parceria com Marília Mendonça. A cantora sertaneja aparece também na segunda posição com o vídeo de “Todo Mundo Vai Sofrer”.