30 de setembro de 2020

Anitta sobre mortes em Paraisópolis: ‘Uns anos atrás, poderia ter sido eu’

Cantora criticou a atitude da PM na comunidade


Por Redação Educadora Publicado 03/12/2019
Reprodução/ Instagram
Reprodução/ Instagram

A cantora Anitta comentou nesta terça-feira sobre as mortes de jovens em Paraisópolis, depois de um tumulto no baile funk conhecido como 17, que deixou 9 mortos por pisoteamento. Por meio de seu stories, no Instagram, ela disse que, há alguns anos, as vítimas poderiam ter sido sua família.

“A única coisa que consigo pensar é que se fosse há uns anos, poderia ter sido eu, minha mãe e meu irmão. Uma das coisas que a gente mais fazia quando comecei era cantar em baile de favela. Sem palavras”.

O tumulto na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, se iniciou depois de uma ação da Polícia Militar no local, no último domingo.

ASSISTA: