26 de maio de 2019

Milla Jovovich revela ter sofrido aborto: ‘não posso ficar em silêncio’

"Eu nunca quis falar sobre essa experiência. Mas eu não posso permanecer em silêncio quando tanto está sob risco"


Por Estadão Conteúdo Publicado 15/05/2019
Divulgação
A atriz Milla Jovovich, conhecida por seu trabalho na série de filmes Resident Evil, relatou ter sofrido um aborto há cerca de dois anos e fez um desabafo em seu Instagram após o tema ser alvo de debates nos Estados Unidos por conta de mudanças em leis em Estados como a Geórgia e o Alabama.

“Eu nunca quis falar sobre essa experiência. Mas eu não posso permanecer em silêncio quando tanto está sob risco. […] Nossos direitos como mulheres de obter abortos seguros por médicos experientes estão novamente sob risco. […] Incluindo em casos de estupro ou incesto”, afirmou a atriz em seu Instagram na terça-feira, 14.

Em seguida, relatou sua própria experiência: “Eu mesma passei por um aborto de emergência dois anos atrás. Eu estava grávida há quatro meses e meio, e gravando em um local na Europa Oriental. Entrei em trabalho de parto prematuramente e me disseram que teria que ficar acordada durante todo o procedimento.”

“Foi uma das experiências mais horríveis que já passei. Eu ainda tenho pesadelos com ela. Eu estava sozinha e sem ajuda. Quando eu penso no fato que mulheres devem enfrentar abortos em condições ainda piores que eu por causa das novas leis, meu estômago revira”, complementou.