23 de setembro de 2019

Youtuber revela ter sofrido abuso sexual na infância e lança livro sobre o tema

Fabíola Melo procurou tratar com seriedade o assunto, relatando que, segundo ela, Deus lhe trouxe o abuso à memória em três sonhos durante uma semana


Por Estadão Conteúdo Publicado 23/08/2019

Conhecida por sua descontração e bom humor, Fabíola Melo procurou tratar com seriedade o assunto, relatando que, segundo ela, Deus lhe trouxe à memória em três sonhos durante uma semana. “Talvez Deus quis resgatar isso dentro de mim, pois nós podemos fazer algo a respeito. Para mim não importa se foi algo pequeno ou grande, todos eles são sérios. O abuso é algo que ofende os céus e a Deus”, disse ela.

O que pareciam pesadelos, na verdade, foram episódios da vida real que Fabíola disse ter esquecido por algum motivo, ficando confusa com tudo o que aconteceu. Em um dos sonhos ela descreveu:

“Eu estava na casa de uma amiga eu lembro que vi uma silhueta no quarto. Lembro de pensar que a primeira coisa que ia fazer quando acordar era me certificar de que teria um casaco na porta. Estava tudo muito escuro no quarto durante a noite, não conseguia ver.

Nessa noite eu tive um pesadelo de um homem deitado sobre mim e ele segurava os meus braços. Eu não conseguia mexer, eu estava imobilizada. Mas ele começou a me beijar e beijava meu pescoço. É um sentimento tão asqueroso de nojo. Essa figura lambia o meu rosto eu queria gritar.”.

O esquecimento de Fabíola e o resgate dos episódios traumáticos na forma de sonhos é algo observado por vários psicólogos clínicos em vítimas de abuso sexual. Essa é uma forma encontrada pela mente da vítima de encarar o trauma provocado pela agressão.

Ocorre, porém, que em muitos casos as lembranças do trauma podem vir à tona. Quando isso acontece, geralmente a pessoa que foi vítima está emocionalmente mais fortalecida e capaz de lidar com as lembranças de forma resolutiva, conseguindo “colocar para fora” os episódios traumáticos na intenção de que sejam superados.

Após relatar os sonhos, Fabíola acrescentou:

“O que eu quero falar para vocês é que essa cena aconteceu de verdade, só que por algum motivo não lembrava disso. Mas eu fiquei tão confusa. Porque Deus me fez lembrar disso? Porque parecia um sonho? Eu acordei com essa imagem na minha cabeça e depois eu percebi que não era um sonho, eram lembranças esquecidas. Eu lembrei do cara, lembrei do nome. Não tenho mais contato com ele”.