20 de novembro de 2019

Will Smith vai ao cinema escondido para ver ‘Aladdin’, mas acaba reconhecido pelo público

Acompanhado da mulher e dos filhos, ele conseguiu despistar os fãs ao entrar na sala com todas as luzes já apagadas


Por Folhapress Publicado 28/05/2019

Will Smith, 50, resolveu ir com a família a um cinema na cidade de Calabasas, em Los Angeles (EUA), para ver a nova versão de “Aladdin”, longa no qual interpreta o gênio da lâmpada, capaz de realizar os desejos de quem o invoca.

Acompanhado da mulher, Jada Pinkett Smith, e dos filhos Jaden e Willow, ele conseguiu despistar os fãs ao entrar na sala com todas as luzes já apagadas. No entanto, ao acabar a sessão, o ator logo foi reconhecido pelo público.

Em vídeo divulgado pelo site TMZ, Will Smith aparece simpático, posando para selfies e conversando com os fãs. O ator revelou em entrevista que aceitou o papel do gênio por causa do filho Jaden, 20. “Ele foi a primeira pessoa que eu vi entusiasmado por eu ser capaz de interpretar o gênio. Então foi o Jaden quem tomou a decisão”, disse.

A adaptação do clássico da Disney, que acaba de estrear nos cinemas, traz cenas emocionantes já conhecidas pelo público, bem como músicas cujas as letras ainda estão na memória de crianças e adultos. Mas a história não é tão fiel ao longa lançado em 1992: os espectadores podem esperar por passagens extras e um final um pouco mais moderno, sem destoar do original, aposta que a Disney já reproduziu em filmes como “Dumbo”.

Na trama, Aladdin (Mena Massoud) conhece a princesa Jasmine (Naomi Scott) e se apaixona à primeira vista. A diferença de classes dos dois, no entanto, se torna um empecilho para o romance, e o jovem precisará da ajuda do gênio de Will Smith para definir o futuro deles.