14 de novembro de 2019

Morre Peter Mayhew, ator que fez Chewbacca em ‘Star Wars’

Ator inglês Peter Mayhew, conhecido por interpretar o gigante peludo, morreu aos 74 anos


Por Folhapress Publicado 03/05/2019

O ator inglês Peter Mayhew, conhecido por interpretar o gigante peludo Chewbacca em “Star Wars”, morreu, aos 74 anos. A morte, que ocorreu na última terça (30), foi anunciada por sua família numa rede social dois dias depois, sem que a causa fosse informada.

“Com profundo amor e tristeza, comunicamos que Peter se foi. Ele nos deixou na noite de 30 de abril de 2019, com sua família a seu lado, em sua casa no norte do Texas”, diz a postagem.

Dono de uma estatura de 2,21m, Mayhew trabalhava como atendente de hospital em Londres quando uma foto sua, em que aparece parado e mais alto do que uma multidão à sua volta, chegou ao colo do produtor Charles H. Schneer. As informações são da revista especializada Variety.

Ele seria logo escalado para participar de “Sinbad e o Olho do Tigre” (1977), uma das produções fantasiosas com efeitos em “stop motion” de Ray Harryhausen. Seu trabalho, contudo, acabou não sendo creditado ao final.

Seu papel mais conhecido foi vivido debaixo da fantasia cheia de pelos com a qual deu vida ao wookie Chewbacca, fiel ajudante do contrabandista espacial Han Solo (Harrison Ford) no primeiro filme da saga “Star Wars”, lançado em 1977.

George Lucas, criador da franquia, dizia que o personagem tinha sido inspirado num cachorro que ele teve. Nos filmes, Chewie, como era o seu apelido, se notabilizava pelo destempero e por emitir grunhidos sempre que ficava irritado ou era contrariado pelos demais.

Mayhew permaneceu no papel nos dois filmes seguintes da trilogia hoje clássica, “O Império Contra-Ataca” (1980) e “O Retorno de Jedi” (1983). Paralelamente, foi escalado para outros longas e séries que se aproveitavam de sua estatura descomunal.

Décadas depois, ele reprisaria o seu personagem mais famoso em “Star Wars: A Vingança dos Sith” (2005) e em “Star Wars: O Despertar da Força” (2015).

Contudo, problemas decorrentes de sua altura, que lesionaram o seu joelho e o forçaram a usar uma bengala, o impediram de participar de “Star Wars: Os Últimos Jedi” (2017). Nesse, que é o último longa da saga, Mayhew precisou ser substituído por um finlandês nove centímetros mais baixo do que ele.

Nos últimos anos, o ator frequentou convenções voltadas a fãs da saga espacial e escreveu dois livros, “Growing Up Giant” (crescendo gigante) e “My Favorite Giant” (meu gigante favorito).

Assim que a morte foi divulgada, o ator Mark Hammil, que interpretou Luke Skywalker na franquia, foi às redes sociais manifestar pesar.

“Ele foi o mais gentil dos gigantes”, escreveu. “Um grande homem com um coração ainda maior que nunca falhou em me fazer sorrir, e um amigo leal a quem amei. Sou grato pelas lembranças que tivemos e sou um homem melhor apenas por tê-lo conhecido. Obrigado, Pete.”

Mayhew deixa a mulher, Angelique, com quem era casado desde 1999, e três filhos.