11 de dezembro de 2019

Monique Evans desabafa: “Não sou mais evangélica, estavam me cobrando demais”

“Só tenho Deus no coração agora. Estavam me cobrando demais só porque eu namoro uma mulher”, afirmou


Por Redação Educadora Publicado 15/06/2019
Monique Evans posa com a namorada Cacá Werneck (Crédito- Reprodução Instagram)

Atriz e apresentadora, Monique Evans revelou em entrevista ao jornalista Leo Dias, do UOL, que não se considera mais evangélica, afirmando ainda que teve muito preconceito por conta de seu relacionamento. “Só tenho Deus no coração agora. Estavam me cobrando demais só porque eu namoro uma mulher”, afirmou.

Monique Evans e a namorada marcaram presença na festa de lançamento do reality show ‘Alto Leblon – Garotas do Rio’, do canal E!. Bárbara Evans, filha da apresentadora, será uma das participantes. A atração está prevista para estrear no dia 1 de agosto.

Ainda na entrevista, Monique, que estava frequentando igrejas diferentes, com muitas idas e vindas, durante os últimos cinco anos, desde quando começou a namorar a DJ Cacá Werneck, conta também que tem recebido menos comentários preconceituosos nas redes sociais, mas que os que aparecem sempre são de pessoas religiosas.

“De 100 comentários, apenas uns 3 são com algo idiota. Melhorou muito. Mas mesmo assim quando comentam são aqueles ‘crentes’. Eles perguntam: ‘Ué, você não protestante?’. Aí, me cobram demais, sabe?”, contou.

Cacá Werneck, namorada de Monique, também falou sobre a pressão que sofreram da igreja por conta do namoro e que elas foram até “massacradas”. “Quando nós nos assumimos a igreja massacrou a gente. Por sermos duas mulheres o julgamento foi imenso. Mas tudo bem, só faz a gente ter cada vez mais força, mais vontade de encarar. O amor supera”, disse a DJ.

*Com informações do portal Isto É