22 de fevereiro de 2020

Irmã de George Michael é achada morta na noite de Natal, como ocorreu com o cantor há 3 anos

A cabeleireira foi encontrada por sua irmã mais velha, Yoda, na tarde de 25 de dezembro


Por Folhapress Publicado 27/12/2019
Reprodução

Melanie Panayiotou, 55, irmã de George Michael foi achada morta em casa no dia de Natal, em Londres, de acordo com a polícia.  O cantor morreu no mesmo dia há três anos.

A cabeleireira foi encontrada por sua irmã mais velha, Yoda, na tarde de 25 de dezembro. A polícia metropolitana disse que eles foram chamados pelo serviço de saúde de Londres por volta das 19h da quarta-feira, segundo informação do jornal inglês The Guardian.

O advogado de Panayiotou divulgou uma nota. “Nós confirmamos que, de forma trágica, Melanie morreu de repente. Pedimos que a privacidade da família seja respeitada nesse momento de muita tristeza”.

Michael deixou 50 mil libras (mais de R$ 260 mil) de herança para a irmã, que era sua cabeleireira oficial.  Yioda Panayiotou também teve direito a uma grande quantia. Dois dias antes de sua morte, ela divulgou uma mensagem de Natal aos seus familiares.

“Acho que nós, como família (somos muitos, nós, cipriotas gregos, estamos em toda parte) passamos a apreciar plenamente (embora já soubéssemos) o quanto de amor existe no mundo através de Yog [apelido de Michael] e de sua bela música.”

“Sabemos o quanto as letras dele podem servir de apoio quando as coisas estão difíceis e ajudam a celebrar quando os tempos são bons e a vida está indo bem … e isso é ainda tão poderoso, como se ele ainda estivesse conosco.”

Ela encerrou a mensagem dizendo que o quanto é importante dizer às pessoas o quanto as os amamos.