26 de fevereiro de 2020

Vendas de medicamentos para disfunção erétil crescem 36% em 2019

Levantamento é do Farmácias APP, maior aplicativo de vendas online de saúde e de beleza do Brasil


Por Nani Camargo Publicado 14/02/2020
Reprodução

Ainda que preocupados, os homens estão cada vez mais engajados no combate à disfunção erétil. Segundo pesquisa feita pelo Farmácias APP, maior aplicativo de vendas online de saúde e beleza do Brasil, o crescimento nas vendas de medicamentos para esta doença foi exponencial em 2019: 36,72% em relação a 2018.

“A disfunção erétil é um grande problema que acompanha a população adulta. Estes medicamentos trouxeram uma nova perspectiva e uma melhor qualidade na vida sexual e na autoestima dessas pessoas” afirma Marcos Caseiro, professor do curso de medicina da São Judas.

Segundo o especialista, o aumento nas vendas não é uma surpresa. “Essa tendência já vem aumentando nos últimos anos e trouxe uma nova perspectiva para a terceira idade, que tem uma vida absolutamente normal e sexualmente ativa. O fato de os idosos terem uma vida sexual mais ativa trouxe, inclusive, outro problema. O aumento nos casos de HIV, que vem como consequência do aumento das relações sexuais entre os idosos sem o uso de preservativo”, conclui o doutor.

Ainda de acordo com aplicativo, a tendência em 2020 é de alta nas vendas. Um dos principais fatores para esse aumento é a democratização destes medicamentos após a quebra da última patente do Viagra ainda este ano. Com isso, a fabricação será ainda mais facilitada e, consequentemente, os preços estarão mais competitivos.