20 de novembro de 2019

“A verdade fica doente, mas não morre”, diz Lula sobre vazamentos

A afirmação de Lula foi feita durante reunião com advogados na manhã desta terça-feira (11)


Por Redação Educadora Publicado 11/06/2019

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvadisse estar surpreso com o que classificou como “grau de promiscuidade” da relação entre os integrantes da Operação Lava Jato e o ex-juiz federal Sergio Moro, após a divulgação de conversas pelo site The Intercept Brasil. As informações são do site UOL notícias.

A afirmação de Lula foi feita durante reunião com advogados na manhã desta terça-feira (11). O ex-presidente reafirmou que já sabia da suposta trama entre os acusadores e o julgador. No entanto, não esperava que isso se tornaria público tão rapidamente.

“A verdade fica, mas não morre nunca”, diz Lula, segundo o advogado José Roberto Batochio. Ele esteve com o ex-presidente por cerca de duas horas na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba (PR).
Para Zanin, o conteúdo revelado no último domingo (09/06/2019) só confirma o que a defesa de Lula tem afirmado há anos. “As reportagens reforçam que o ex-presidente não teve direito a um julgamento imparcial. Houve uma absoluta falta de imparcialidade e equidistância das partes”, comentou.