07 de abril de 2020

Venezuelanas são presas suspeitas de furtar celulares em bloco de Carnaval de SP

Investigadores estavam em meio à multidão de foliões, na esquina das ruas Aurora com Conselheiro Carrão, quando a atitude das duas estrangeiras chamou a atenção


Por Folhapress Publicado 23/02/2020
Arte Educadora

Duas venezuelanas, de 44 e 28 anos, foram presas em flagrante, por volta das 18h30 de sábado (22), após serem flagradas com 34 celulares que teriam sido furtados em um bloco de Carnaval na região da Bela Vista, no Centro de São Paulo.

Segundo a 1ª Delegacia Seccional do centro, investigadores estavam em meio à multidão de foliões, na esquina das ruas Aurora com Conselheiro Carrão, quando a atitude das duas estrangeiras chamou a atenção.

Ao serem abordadas, os investigadores encontraram celulares guardados em bolsas e sob as roupas das duas. As venezuelanas e os aparelhos foram levados ao 78º DP (Jardins).

No distrito, policiais conseguiram entrar em contato com algumas vítimas, que foram até a delegacia para reconhecer seus celulares. 

Até a publicação desta reportagem, quatro vítimas, com idades entre 22 e 27 anos, recuperaram os aparelhos. Todas disseram que os celulares sumiram enquanto participavam de um bloco carnavalesco. 

BALANÇO

A polícia prendeu 333 pessoas, entre sábado e domingo (23), no Carnaval em todo o estado de São Paulo. Os dados são parciais. 

Duas das prisões ocorreram após a Polícia Militar Rodoviária encontrar um arsenal dentro de um carro, por volta das 3h30 deste domingo (23), na altura do km 250 da rodovia Francisco Alves Negrão, região de Taquarivaí (268 km de SP).

Dois homens, identidades não informadas, foram presos e levados à delegacia de Itapeva (290 km de SP). 

Além das prisões, a polícia também flagrou oito pessoas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, neste domingo, e também autuou outros 727 motoristas que se negaram a fazer o teste do bafômetro. Também foram apreendidas, ainda no domingo, sete armas de fogo. 

LEI DO XIXI

Segundo a Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), 36 pessoas foram autuadas após serem flagradas urinando em vias da cidade no sábado (22). O governo municipal também realizou 1.137 apreensões com comerciantes irregulares. 

Além disso, a prefeitura afirmou ter recolhido 245,5 toneladas de lixo, considerando o pré-Carnaval, ocorrido no fim de semana passado, e entre sexta-feira (21) e e domingo.