14 de novembro de 2019

Vendedor foge de bloqueio, bate o carro e é preso por embriaguez ao volante na Limeira-Iracemápolis

Homem, de 31 anos, chegou a dirigir com os faróis apagados pela rodovia e foi perseguido por policiais militares rodoviários


Por Danilo Janine Publicado 25/05/2019
Arte/Educadora

Um vendedor, de 31 anos, foi preso na noite de sexta-feira (24), por embriaguez ao volante. Além de tentar fugir de um bloqueio policial que acontecia na Rodovia João Mendes da Silva Júnior (SP-151), que liga as cidades de Limeira e Iracemápolis, o vendedor também dirigiu de forma perigosa e com os faróis apagados pela rodovia, até bater na traseira de uma caminhonete.
Conforme consta no Boletim de Ocorrência, por volta das 21h30, policiais rodoviários realizavam uma blitz na rodovia, quando deram sinal para que o Toyota Corolla dirigido pelo vendedor parasse. Ele não obedeceu, fugiu e foi perseguido pelos pms.
Ainda segundo consta no registro policial, durante a perseguição, o indiciado dirigiu na contramão e forçou três veículos a entrarem no acostamento para evitar a colisão. O vendedor também teria apagado os faróis, segundo os policiais, e conseguiu despistá-los por um momento.
Um tempo depois, os policiais rodoviários avistaram uma caminhonete parada no acostamento com o pisca alerta ligado e com a traseira danificada por uma batida. Alguns metros a frente, eles viram o Corolla com os faróis apagados e batido. O vendedor ainda precisou de ajuda para sair do carro, já que ficou preso no airbag.
Ainda segundo o policiais, o motorista estava com sinais claros de embriaguez, fez o teste do bafômetro, que deu 1,09 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar alveolar). Os pms deram voz de prisão ao vendedor, que foi encaminhado ao Plantão Policial, onde foi estipulada uma fiança de R$ 2.000, que como não foi paga, ele foi encaminhado a carceragem para Polícia Civil.
O Corolla foi entregue ao pai do vendedor. O motorista da caminhonete não se feriu no acidente.