21 de janeiro de 2020

Tumulto entre usuários de droga e pms na Cracolândia termina em tiroteio em São Paulo

As tentativas de por um fim à região conhecida como Cracolândia, no centro da capital, já vêm de longa data


Por Estadão Conteúdo Publicado 15/01/2020
São Paulo – Região entre a Estação da Luz e o Viaduto Santa Ifigênia, conhecida como Cracolândia Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Uma confusão entre usuários de droga e policiais militares terminou em tiroteio na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (15). Não havia informação sobre vítimas até a publicação desta matéria. A Polícia Militar não deu detalhes sobre o tumulto e se limitou a dizer que os agentes reagiram a uma suposta ação truculenta dos dependentes químicos.

Nas redes sociais, pessoas afirmam que ouviram barulho de tiros e bombas de lacrimogêneo. Vias importantes da região, como a Avenida Rio Branco, foram interditadas.

PROBLEMA ANTIGO

As tentativas de por um fim à região conhecida como Cracolândia, no centro da capital, já vêm de longa data. Os primeiros registros do crack em São Paulo datam do início de 1990. A Cracolândia, porém, nasceu como espaço de consumo em meados dos anos 2000.

Entre 2000 e 2017, prefeitos e governadores de São Paulo tentaram acabar com a região do “fluxo”, onde os dependentes químicos ficam concentrados e os traficantes vendem drogas. As Polícias Civil e Militar também realizaram diversas ações para combater os traficantes da área.