29 de setembro de 2020

Transexual é morta a facadas durante tentativa de roubo em SP

Vítima, que era conhecida como Katarina Ariel Silva, fazia programas pela região quando foi abordada por um homem em um veículo


Por Folhapress Publicado 14/02/2020
Arte Educadora

Uma transexual de 22 anos foi assassinada a facadas na manhã da última quarta-feira (12), nas proximidades do Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo.

Segundo informações dadas por testemunhas, a vítima, que era conhecida como Katarina Ariel Silva, fazia programas pela região quando foi abordada por um homem em um veículo. O indivíduo teria tentado assaltá-la e desferiu os golpes contra ela.

O crime ocorreu por volta de 6h na Rua Mateus Mendes Pereira. Segundo nota divulgada pela SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública de São Paulo), gestão João Doria (PSDB), policiais militares foram chamados para atender a ocorrência. Quando a equipe da PM chegou ao local, entretanto, Katarina estava sendo atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que constatou a morte. A vítima estava sem documentos e só pôde ser identificada posteriormente.

A secretaria não informou se já localizou algum suspeito de ter envolvimento com o crime. O caso foi registrado no 53º DP (Parque do Carmo) e as investigações estão sendo conduzidas pelo DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

Por meio das redes sociais, amigos disseram que Katarina veio do Ceará para São Paulo com o objetivo de trabalhar. Os conhecidos afirmaram ainda que a família da vítima não tem condições financeiras para arcar com o traslado do corpo da jovem para a sua cidade natal.