12 de novembro de 2019

Polícia investiga estupro no Parque Ecológico do Jardim do Lago

Mulher alega ter sido violentada por homem dentro do parque


Por Carlos Gomide Publicado 19/10/2019
Arte/Educadora

A DDM de Limeira deve ser acionada na próxima segunda-feira (21) para investigar um caso de estupro que teria ocorrido no Parque Ecológico do Jardim do Lago. A equipe da Patrulha Maria da Penha foi acionada pelo agente da GCM que trabalha no parque para averiguar a situação.

O agente alegou aos colegas de farda que viu a mulher de braços dados com um homem, no começo da tarde desta sexta-feira (18). Duas horas mais tarde, ele foi alertado por uma mulher que a moça estava passando mal. O rapaz visto com ela anteriormente foi localizado e confessou que fez sexo com a vítima, mas que a relação foi consentida. A moça teria dito que ele a devia R$2, que lhe foi entregue. Minutos depois, ela voltou a procurar o guarda, alegando ter sido abusada e que estava com sangramento na genitália.

Um laudo preliminar não apontou nenhum tipo de lesão nas partes íntimas da suposta vítima, mas o caso foi tipificado como estupro, até que seja melhor apurado pela delegacia especializada. O homem não foi qualificado nem, tampouco, localizado.