24 de outubro de 2019

PM baleado no Alemão morre no Rio; é a 2ª morte de policiais no fim de semana

Foi a segunda morte de policiais em menos de 24 horas no Rio


Por Redação Educadora Publicado 22/09/2019

O policial militar Fellipe Brasileiro Pinheiro, 34, morreu neste domingo (22) no Rio de Janeiro, quatro dias depois de ter sido baleado numa operação no Complexo do Alemão, zona norte da cidade. Foi a segunda morte de policiais em menos de 24 horas no Rio.

Lotado na UPP Fazendinha, Pinheiro foi ferido no peito quando criminosos armados atiraram em policiais na última quarta-feira (18).

Ele, que era solteiro e estava na corporação havia seis anos, foi socorrido ao hospital Getúlio Vargas, onde passou por cirurgia e estava internado em estado grave nos últimos dias.

Seu corpo será enterrado às 16h30 deste domingo no cemitério Jardim da Saudade de Sulacap.
Neste sábado (21), o cabo Leandro de Oliveira da Silva, 39, foi morto enquanto fazia patrulhamento perto da estação de Triagem, em Benfica, na zona norte do Rio.

Segundo a polícia, ele e um colega suspeitaram de dois homens em uma moto e, na abordagem, foram alvo de tiros –possivelmente de um local conhecido como Morar Carioca. Silva foi atingido na cabeça.
O policial foi socorrido ao hospital Salgado Filho, onde morreu. O corpo será enterrado também neste domingo.

Com as duas mortes, o total de policiais militares mortos no Rio em 2019 chega a 45, conforme a polícia.