15 de setembro de 2019

Pais denunciam que filha de três anos foi violentada em escola evangélica

Criança chegou da escola reclamando de dores nas partes íntimas. No hospital, médica constatou abuso.


Por Redação Educadora Publicado 27/05/2019

Os pais de uma menina de três anos denunciaram na última sexta-feira (24) que a filha deles havia sido molestada sexualmente na escola em que ela estuda, um colégio de orientação evangélica em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

O pai da menina, um oficial do Exército, foi quem procurou a polícia para relatar o que teria acontecido. Segundo o oficial, a menina chegou da escola, na última sexta-feira (24), reclamando de dores nas partes íntimas.

A mãe dela, então, verificou o órgão genital da criança e observou que não estava normal. O casal levou a filha imediatamente a um hospital, onde uma médica, auxiliada pela diretora da unidade, constatou que a menina tinha sido vítima de violência sexual.

A equipe médica acionou o Conselho Tutelar imediatamente, que passou a acompanhar o caso. A mãe da menina procurou a escola, porém a direção não apresentou nenhuma solução e os pais optaram por fazer a denúncia na polícia.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e será investigado pela Polícia Judiciária Civil. Até o registro da ocorrência ainda não havia suspeitos.

*Com informações do portal O Livre