19 de novembro de 2019

Na tentativa de cobrar suposta dívida, motorista é preso acusado de roubo, no Jardim Campo Verde, em Limeira

Autônomo deveria dinheiro ao acusado, que alegou resolver levar o carro da vítima como garantia, até que montante devido fosse pago


Por Danilo Janine Publicado 07/06/2019
Arte/Educadora

Uma suposta dívida de um autônomo, de 46 anos, acabou levando um motorista, de 23 anos, para a cadeia, acusado de roubo. Conforme consta no Boletim de Ocorrência, no final da tarde de quinta-feira (6), policiais militares da Força Tática foram atender uma ocorrência de roubo de veículo no Jardim Campo Verde, em Limeira, onde em contato com a vítima – o autônomo – apuraram que ele tinha combinado de se encontrar com uma mulher, de 18 anos, no local para que ele lhe apresentasse um mostruário de semijoias. Lá, ele conversava com a jovem, quando duas pessoas saíram de um terreno baldio ao lado e começaram a agredi-lo com paus e socos. Segundo o autônomo, um deles estava armado com um revólver.
Ainda conforme consta no registro policial, antes de levar seu carro – um Volkswagen Gol, ano 2001 – eles o forçaram a assinar um papel em branco (que seria usado para comprovar a suposta dívida). Após isso, os três foram embora no carro da vítima. Como o autônomo sabia quem era o motorista, ele acionou a PM e ainda mostrou-lhes uma foto do suspeito. Eles foram até a casa do motorista, que indicou onde estaria o veículo. Antes, ele contou que o autônomo lhe deve dinheiro e que iria devolver o carro após o pagamento da dívida.
No Plantão Policial, o delegado informou ao motorista que, mesmo com a história da dívida, ele seria preso por roubo. O carro foi devolvido a vítima.