16 de setembro de 2019

Manicure quebra dedos da mãe, faz ameaça, cospe em PM e é presa, no Jardim Ibirapuera, em Limeira

Mulher chegou a cuspir em um policial militar, quando fazia exame de corpo de delito na Santa Casa


Por Danilo Janine Publicado 07/05/2019
Arte/Educadora

Uma manicure, de 33 anos, foi presa na tarde de segunda-feira (6), após agredir e ameaçar a mãe, uma aposentada, de 52 anos, no Jardim Ibirapuera, em Limeira. Ela também cuspiu em um policial militar que atendia o caso.
Conforme consta no Boletim de Ocorrência, os policiais militares cabo Belucci e Braga foram acionados via Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para atender um caso de briga doméstica no bairro. No local informado, em frente a casa, encontraram a aposentada que contou que durante a tarde, a filha a agrediu e quebrou seus dedos da mão. A mulher procurou socorro e voltou para casa. Mais tarde, a filha retornou, voltou a ameaçar a mãe e a expulsou de casa. A aposentado ainda apresentou aos pms uma ordem judicial que determinava que a filha se afastasse dela, mas que tinha expirado no dia anterior.
Os policiais entraram na casa e encontraram a manicure limpando a casa. Ao ver os policiais, ela teria ficado enfurecida. Ela foi levada a Santa Casa para fazer exame de corpo de delito e no hospital chegou a cuspir em um pm.
No Plantão Policial, o delegado estipulou um fiança de R$ 1.000, que como não foi paga, a manicure ficou presa.