24 de setembro de 2020

Ladrões usam barco para furtar empresa na zona rural de Limeira

Duas pessoas foram presas; no barco, que estava preso por uma corda às margens do Rio Piracicaba, também havia um facão, que os suspeitos alegaram servir para caçar capivaras


Por Ana Paula Rosa Publicado 13/08/2020
Foto: Danilo Janine

Dois homens foram presos na noite de quarta-feira (12) após usarem um barco para furtar uma empresa às margens do Rio Piracicaba, na zona rural de Limeira. Um pizzaiolo, de 26 anos, e um mecânico de autos, de 30, invadiram a empresa de papéis no Bairro Jaguari, arrombaram um galpão e furtaram uma furadeira elétrica e um CPU de computador. Eles usaram um barco motorizado para carregar os produtos, mas foram flagrados e rendidos por vigias da fábrica, que acionaram a Polícia Militar. A dupla foi presa em flagrante. Há, ao menos, três registros de furtos semelhantes na empresa.

No interior do barco, que estava preso por uma corda às margens do Rio Piracicaba – a empresa fica às margens do rio –, também havia um facão usado para caça. Segundo consta no boletim de ocorrência registrado no Plantão Policial, os criminosos alegaram que estavam no local para caçar capivaras – o que também é proibido.

Os dois são moradores de Sumaré e foram encaminhados à carceragem da Polícia Civil na Delegacia Seccional de Limeira. O barco e os celulares dos ladrões foram apreendidos. Os produtos furtados foram devolvidos à empresa.