25 de agosto de 2019

Idosa é estuprada, tem órgãos arrancados e corpo queimado em Aparecida de Goiânia

De acordo com as investigações, a mama, o pulmão e o coração da vítima foram dados para o cachorro dela comer


Por Redação Educadora Publicado 22/07/2019

Uma idosa de 64 anos foi roubada, estuprada, mutilada e queimada em Aparecida de Goiânia, Goiás. O caso aconteceu no dia 25 junho, mas o autor do crime só preso na última sexta. Igor Ribeiro Nascimento, de 19 e outros dois adolescentes de 14 e 15 anos entraram na casa da vítima para roubá-la.

De acordo com as investigações, a vítima foi amarrada com um fio e amordaçada dentro de um dos cômodos da casa. Ela conseguiu retirar a mordaça e gritou por ajuda. Igor e um menor a ameaçaram de morte caso ela continuasse gritando, foi quando ela foi estuprada.

Após o ato, a idosa conseguiu se soltar e correu para um quarto, se trancou e gritou novamente por socorro. Os jovens arrobaram a porta e a amarraram novamente. Igor começou a torturar a vítima por não encontrar itens de valor na casa. Um dos adolescentes começou a esfaqueá-lá com golpes na barriga. Ao ver que a vítima não tinha morrido, Igor ordenou que ele cortasse os pulsos dela.

As facadas continuaram e o jovem arrancou as mamas, o coração e pulmão e deu para o cachorro dela comer. Após a morte da idosa, eles atearam fogo no corpo, que ficou parcialmente destruído.

Os adolescentes envolvidos no crime estão presos em um centro de internação para menores infratores.