22 de julho de 2019

Homem agride colega de trabalho e se mata em clínica veterinária

O caso ocorreu na manhã deste domingo (26), no Butantã, na zona oeste de São Paulo.


Por Folhapress Publicado 26/05/2019

Um veterinário feriu uma colega de trabalho no pescoço utilizando um bisturi, dentro da clínica onde trabalhavam e depois se matou.

O caso ocorreu na manhã deste domingo (26), no Butantã, na zona oeste de São Paulo.
Segundo a PM, uma viatura passava pelo local e foi parada por clientes que disseram ter ouvido gritos de uma mulher que estava sendo agredida.

Ao entrar em uma das salas, a polícia encontrou a moça, que também era veterinária, ferida.

O agressor se trancou em outro cômodo e aplicou medicamento utilizado para eutanásia de animais na veia. Ele morreu no local. A veterinária foi levada a um hospital da região. O estado dela é estável, segundo a polícia.