25 de setembro de 2020

Ex-jogador de futebol Piá é preso em Cordeirópolis

Ex-atleta, com passagens por Inter de Limeira, Ponte Preta, Corinthians e Santos, se envolveu novamente em furto a caixas eletrônicos


Por Carlos Gomide Publicado 23/05/2020
Divulgação/Polícia Militar

O ex-jogador de futebol Piá, de 46 anos, foi preso em Cordeirópolis, na madrugada deste sábado (23). Ele foi autuado em flagrante na Delegacia de Cordeirópolis por tentativa de furto a caixas eletrônicos.

Conforme apurou a reportagem, ele teria sido localizado com um dispositivo usado para “pescar” envelopes de dinheiro inseridos nos terminais eletrônicos.

De acordo com o diretor de Segurança Pública de Cordeirópolis, Dalton Carvalho Cais, há alguns dias o sistema de inteligência da cidade havia dado o alerta da possível participação de pessoas com um Fiat/Palio em furtos a agências bancárias.

Na madrugada deste sábado, o sistema acusou a entrada do veículo na cidade, o que fez com que as viaturas da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar se posicionassem para fazer a abordagem, ocorrida logo após o ex-atleta sair do banco.

Essa não foi a primeira vez que Piá foi detido por esse crime. Em 2014, ele foi preso após tentar furtar caixas eletrônicos em Campinas. No ano seguinte, ele foi detido novamente tentando “pescar” envelopes de dinheiro em caixas eletrônicos em Americana. No mesmo ano, ele foi novamente preso cometendo o mesmo crime em Bauru.

CARREIRA

Campeão Paulista da Série A2 em 1996, com a Internacional de Limeira, Piá chamou a atenção da Ponte Preta. Depois do time de Campinas, ele vestiu as camisas de Corinthians e Santos.

Como jogador, Piá ainda atuou por times como Portuguesa, Bragantino, Coritiba, Santa Cruz, entre outros. Piá também vestiu a camisa do Independente de Limeira.

Anos mais tarde, Piá voltaria ao Galo da Vila Esteves como treinador. Ele também chegou a atuar como auxiliar técnico no União São João de Araras.

Foto: Divulgação/Polícia Militar
Foto: Divulgação/Polícia Militar