20 de novembro de 2019

Bebê, de 11 meses, se queima com sopa em creche e mãe registra ocorrência na polícia, em Limeira

Criança teve queimaduras de primeiro segundo graus nas pernas, segundo teria informado o médico à mãe


Por Danilo Janine Publicado 05/07/2019
Reprodução/Google

Uma mulher, de 24 anos, procurou o Plantão Policial no final da tarde de quinta-feira (5), após seu filho, de apenas 11 meses, ter se queimado com sopa no Centro Infantil Irene Gomes Bortolan, na região do Jardim Olga Veroni, em Limeira. Segundo relatos da mãe no registro policial, ela teria sido informada pelo médico que atendeu a criança, que as queimaduras seriam de primeiro e segundo graus. Até um cirurgião plástico teria sido chamado para acompanhar o caso.

Ainda conforme consta no Boletim de Ocorrência, o acidente aconteceu às 14h40 na creche, na hora da merenda. O menino teria puxado o prato de sopa, que caiu em suas pernas. A mãe conta que foi avisada pelo centro infantil para que ela ou o marido acompanhassem o filho até o hospital para onde o Samu levou a criança e ao questionar a gravidade das queimaduras, a monitora teria dito ao telefone que as pernas do bebê só tinham ficado vermelhas.

Segundo relatou a mãe no registro policial, no hospital, ela foi informada pelo médico que as queimaduras seriam de primeiro e segundo graus e que até um cirurgião plástico foi chamado para acompanhar o caso.

Por fim, a mãe conta que questionou tanto a monitora quanto a diretora da creche sobre quem estaria servindo a sopa a seu filho e teria sido informada que era uma auxiliar de cozinha. O BO informou ainda que o bebê passaria por exame de corpo de delito.

A Educadora questionou a Prefeitura sobre o caso e aguarda o retorno.