16 de setembro de 2019

Viciado em games tenta envenenar família após ter o wi-fi cortado

O rapaz confessou que jogou um pesticida na água para tentar matar os familiares


Por Redação Educadora Publicado 18/06/2019
Viciado em games tenta envenenar família após ter o wi-fi cortado

Um jovem de 29 anos tentou envenenar toda a família após ter o wi-fi cortado na cidade de Sisaket, Tailândia. Segundo a imprensa local, Sak Duajan é viciado em video games e, na última quinta-feira (13), chegou em casa bêbado e começou a jogar com o som muito alto. O padrasto dele, Chakri Khamruang, 52 anos, saiu da cama e desligou o roteador para que o barulho acabasse.

Revoltado, o rapaz e o padrasto começaram a discutir de madrugada, trocando xingamentos. Chakri teria ainda agredido o rapaz para que ele “ficasse sóbrio” novamente. Depois da confusão, todos foram dormir.

 

A família encontrou um pesticida na água na manhã do dia seguinte

Na manhã seguinte, a mãe do jovem, Suban Duanajan, 51 anos, encontrou um pesticida mortal na água utilizada pela família. “Eu vi que meu filho desceu as escadas por volta das 2h. Perguntei o que ele estava fazendo, mas não me respondeu”, contou a mãe ao jornal Daily Mail.

Os familiares ligaram para a polícia e Sak Duajan confessou o crime. Como explicação, disse que foi impedido de jogar porque não havia internet. “Eu ainda não acredito que ele fez isso. Sei que ele fica bravo muito fácil, mas nós fazemos o possível para que isso não aconteça”, disse a mãe.

A família quer que o governo pague o tratamento para o vício dele. “Ele joga muito no telefone, acho que isso o estressa. É muito difícil fazê-lo parar já que é um rapaz. Queremos ajuda”, contou a mãe.