09 de julho de 2020

Nike muda ‘Just Do It’ para ‘Don’t Do It’ na luta contra o racismo após morte de George Floyd

Morte de George Floyd desencadeou manifestações em diversas cidades dos Estados Unidos, que já chegaram ao quinto dia no sábado (30)


Por Folhapress Publicado 31/05/2020
Foto: Reprodução

“Let’s all be part of the change” ou, traduzindo, “Vamos todos fazer parte da mudança” foi a mensagem que acompanha um vídeo da Nike postado nas redes sociais nesta sexta (29). A frase faz parte da resposta em sintonia com o movimento contra o racismo nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, 46.

Floyd, um homem negro, foi abordado por policiais na cidade de Minneapolis, no noroeste dos EUA, algemado e teve o pescoço prensado contra o chão por uma das autoridades com o joelho. “Eu não consigo respirar”, dizia ele antes de perder a consciência.

A empresa de artigos esportivos entrou no tema após o episódio e transformou o slogan “Just Do It” em “Don’t Do It”. “Desta vez, não faça. Não finja que não há um problema na América”, diz a companhia. “Não dê as costas para o racismo. Não aceite que vidas inocentes sejam tiradas de nós.”

A morte de George Floyd desencadeou manifestações em diversas cidades dos Estados Unidos, que já chegaram ao quinto dia no sábado (30).

O presidente americano, Donald Trump, ameaçou usar ‘poder ilimitado’ das Forças Armadas para conter os atos anti-racismo.

“Governadores e prefeitos progressistas devem agir de modo muito mais duro ou o governo federal avançará e fará o que tem que ser feito, o que inclui usar o poder ilimitado das nossas Forças Armadas e muitas prisões”, escreveu Trump no Twitter.

Não é a primeira vez que a Nike apoiado a causa. Em 2018, a empresa fez uma campanha com o jogador de futebol americano Colin Kaepernick, que atuava na NFL. Em 2016, o atleta se ajoelhou durante a execução do hino nacional antes de partidas para protestar contra o racismo. Alguns consideraram o ato desrespeitoso.

O jogador de basquete Lebron James, astro da NBA e patrocinado pela Nike, relembrou a manifestação de Kaepernick em um post no Instagram nesta semana. “Você entende agora ou ainda é confuso para você?”, questionou.

MENSAGEM DA NIKE

For once, don’t do it. Don’t pretende there’s not a problem in America. Don’t turn your back on racism. Don’t accept innocent lives been taken from us. Don’t make any more excuses. Don’t think this doesn’t affect you. Don’t sit back and be silent. Don’t think you can’t be part of the change. Let’s all be part of the change.

TRADUÇÃO

Desta vez, não faça isso. Não finja que não há um problema nos EUA. Não dê as costas para o racismo. Não aceite que vidas inocentes sejam tiradas de nós. Não dê mais desculpas. Não pense que isso não afeta você. Não se esconda nem fique em silêncio. Não pense que você não pode fazer parte da mudança. Vamos todos fazer parte da mudança.