16 de setembro de 2019

Destino dos oceanos preocupa especialistas

Um estudo realizado pela International Solid Waste Association, ISWA, em parceria com a Abrelpe e divulgado no Fórum Mundial da água, mostrou que, anualmente, são despejados, ao menos, 25 milhões de toneladas de resíduos nos oceanos


Por Estadão Conteúdo Publicado 29/07/2019
Divulgação

Um estudo realizado pela International Solid Waste Association, ISWA, em parceria com a Abrelpe e divulgado no Fórum Mundial da água, mostrou que, anualmente, são despejados, ao menos, 25 milhões de toneladas de resíduos nos oceanos. A triste notícia se potencializa quando o relatório demonstra que, destes resquícios, 80% poderia ser redirecionado com uma melhor gestão.

A falta de um descarte adequado faz com que a natureza seja prejudicada de ponta a ponta: segundo a ONU, Organização das Nações Unidas, a estimativa de plástico presente nos lixos do oceano permeia entre 60% e 80%. O grande número fará com que em 2050 existam mais plásticos do que peixes em todo o oceano.

A conscientização para novos – e melhores hábitos vem por via de mão dupla. As empresas estão se posicionando e, os consumidores, mais firmes e exigentes. Segundo pesquisa realizada pela Union + Webster, 87% da população brasileira prefere comprar produtos e serviços que venham de empresas sustentáveis. Destes, 70% afirma que não se importa em pagar um pouco mais por isso.

Para Lucas Marder, empreendedor e amante da natureza, ver este cenário é mais difícil do que parece. “É muito triste ver a natureza ser destruída pela falta de cuidado. Por esse motivo, aqui na Ocean Drop, fazemos o melhor sempre, afinal, recursos naturais precisam ser reparados e assistidos. Muito mais do que matéria-prima, as algas são fonte de vida e oxigênio, fazendo um belo trabalho de fotossíntese”, aponta.

Projeto importante

A Ocean Drop, empresa de suplementação natural e superalimentos provenientes do fundo do oceano, reforça seu posicionamento em relação a preservação da natureza apoiando diferentes projetos. “Hoje, apoiamos mais de 18 projetos de Proteção aos oceanos. Além disso, já retiramos mais de 100 kg de lixo das praias apenas neste ano”, aponta Lucas.

Fundada por quatro oceanógrafos, a Ocean Drop tem como propósito reconectar as pessoas com o mar, trazendo o cuidado para o cotidiano. Para assistir a causa de perto, a empresa disponibilizou uma linha de produtos que converte 100% do lucro para a Proteção dos Oceanos. Saiba mais: causa.oceandrop.com.br