19 de outubro de 2019

Cadela morre em canil e dona recebe o animal enrolado em fita adesiva

A mãe da pet ficou chocada com a falta de humanidade dos donos do estabelecimento


Por Redação Educadora Publicado 24/04/2019

A dona de um cadela ficou inconsolável ao voltar de viagem e buscá-la em um canil, em Dublin, Irlanda. O animal, da raça husky siberiano, chegou no local com colite, uma infecção no cólon, mas estava bem de saúde e respondendo aos tratamentos. No entanto, três dias depois de ficar no “hotel para animais”, ela começou a sangrar e morreu. O que deixou a mãe da pet chocada foi a forma como lhe entregaram o animal.

“Quando entrei pelo portão do canil, disseram para mim e minha mãe que Nova morreu. Foi encontrada na manhã daquele dia sangrando. Ficamos completamente chocadas e arrasadas ao ouvir isso e até pensamos que fosse uma piada. Tínhamos deixado ela lá, bem de saúde, por três dias. Ao trazerem minha cadela, ela estava enrolada em fita adesiva, no formato de uma grande bola. Não houve cuidado nem empatia com Nova”, desabafou Kirsten Kinch.

Segundo a dona, não havia palavras para descrever aquele momento. “Foi traumático carregá-la até o carro daquela maneira e levá-la para casa. Tudo foi feito de uma maneira nada humana”, disse a jovem por meio do Facebook.

O jornal Metro ouviu os donos do canil sobre o procedimento de enrolar Nova em fita adesiva. “Liguei para o veterinário e ele me disse para embrulhá-la para que outros cachorros não fossem contaminados. Qual seria a maneira certa de fazer isso senão aquela?”, disse Paddy Cullen, responsável pelo canil P&E.

Kirsten mandou os restos mortais de Nova para que fosse avaliada a causa da morte da cadela. No entanto, os resultados foram inconclusivos e apontaram apenas uma hemorragia interna. “Nova deixou um buraco em mim e na minha família impossível de ser fechado. Nós a amávamos e sentimos a falta dela todos os dias”, disse.