26 de junho de 2019

Cadela fica ao lado de dono que morreu após caminhada e ajuda resgate

Nas redes sociais, o departamento de polícia disse que sem o latido de Daisy, eles não teriam localizado o homem.


Por Redação Educadora Publicado 28/04/2019
Daisy ficou perto do corpo do dono e ajudou a equipe de resgate a encontrá-lo Imagem: Reprodução/Pierce County Sheriff’s Department

Uma cadela ajudou a equipe de resgate do Condado de Pierce, em Washington, nos Estados Unidos, a encontrar na última quinta-feira (25) o corpo de seu dono, um homem de 64 anos que estava desaparecido após sair para caminhar com ela.

Segundo relato das autoridades do Condado de Pierce nas redes sociais, na quinta-feira, a mulher do desaparecido entrou em contato com a polícia para relatar que seu marido e sua cadela Daisy não haviam voltado para casa. Ele costumava a sair com a cadela, mas na quarta-feira não avisou para onde iria e não retornou à noite. Ele havia saído com o carro.

Autoridades conseguiram descobrir o local em que ele usou o celular pela última vez, perto de um lago e uma área de mata. O carro do desaparecido foi encontrado e, em seu interior, havia uma lista de locais que aparentemente ele pretendia visitar.

A equipe de resgate fez um mapa para ir até esses locais, e após uma hora de buscas ouviram o latido de um cachorro. Caminharam por 30 minutos por uma floresta até encontrar o animal, que parecia com a descrição que a mulher havia feito de Daisy.

A cadela estava em um barranco íngreme e perto do corpo de seu dono. Segundo as autoridades, o homem parecia ter sofrido ferimentos causados por uma queda.

Nas redes sociais, o departamento de polícia disse que sem o latido de Daisy, eles não teriam localizado o homem.