06 de dezembro de 2019

Vereadores de Limeira aumentam os próprios salários

Alta para parlamentares, prefeito, vice-prefeito e secretários será de 3,89%


Por Estadão Conteúdo Publicado 16/04/2019
Divulgação

Vereadores de Limeira aprovaram na sessão de anteontem vários projetos que tratam de aumentos salariais para servidores públicos, conselheiros tutelares e para agentes políticos – estes são os próprios vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.

Neste caso, a alta para os agentes políticos foi de 3,89%, relativa à inflação. Para os vereadores, seus subsídios saltarão de R$ 7.748,77 para R$ 8.050,20. Para o presidente da Câmara, o salário passará de R$ 8.542,21 para R$ 8.874,50; e para os secretários do Legislativo, seus vencimentos irão de R$ 14.924,89 para R$ 15.505,47.

Para os agentes políticos da Prefeitura, os salários serão: prefeito (de R$ 18.352,42 para R$ 19.066,33); vice-prefeito (de R$ 9.176,21 para R$ 9.533,17); secretários municipais (R$ 12.826,29 para R$ 13.325,24).

Em 2018, os agentes políticos ficaram sem reajuste salarial, já que as leis não foram votadas para evitar desgastes junto à população.

A votação dos aumentos anteontem ocorreu sem discussão em plenário. Apenas um vereador votou contrário à revisão de seu próprio salário, Marcelo Rossi (PSD). Ele, no entanto, votou favorável à alta nos salários do prefeito, vice e secretários.

Também foram aprovados aumentos para servidores da Prefeitura (4%). No caso dos funcionários do Legislativo, foi dado aval para reajuste de 4% no salário e nos vales refeição e alimentação.