11 de dezembro de 2019

Prefeitura define empresa que irá operar o contrato emergencial do transporte coletivo em Limeira

Contratação será de forma direta, conforme já tinha anunciado o governo Marion Botion, após o TCE suspender o edital de licitação lançado


Por Danilo Janine Publicado 22/11/2019
Divulgação/Prefeitura de Limeira

O governo Mario Botion (PSD) irá apresentar na tarde desta sexta-feira (22) a empresa que irá operar o contrato emergencial do transporte coletivo de Limeira. A apresentação ocorrerá na sala de reuniões do gabinete do prefeito no Edifício Prada.

A contratação direta ocorre após o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspender o edital de licitação aberto pela Prefeitura de Limeira para contratação emergencial de empresa especializada em transporte público para assumir os serviços da cidade por 180 dias.

O despacho foi do conselheiro Sidney Estanislau Beraldo, que analisou, sem mérito, quatro representações protocoladas no órgão que apontam possíveis falhas e irregularidades no edital lançado no dia 6 de julho pelo governo do prefeito Mario Botion.

Conforme já mostrou a Educadora, logo após a decisão do TCE, a prefeitura emitiu nota a imprensa afirmando que “a administração fará a contratação emergencial de forma direta, nos termos do art. 24, inciso IV, da Lei nº 8.666/93, em respeito a decisão”.