12 de julho de 2020

Pandemia afeta abastecimento de dipirona em postos de saúde de Limeira

Prefeitura diz que compra foi antecipada e entrega programada, mas fornecedores relatam dificuldades logísticas


Por Renata Reis Publicado 28/05/2020
Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Após reclamações de ouvintes da Educadora sobre falta do medicamento dipirona na rede municipal de saúde, a Secretaria de Saúde de Limeira informou, por meio de nota, que, “assim como todos os outros medicamentos disponibilizados pela Prefeitura, a compra da dipirona em comprimido foi realizada em fevereiro de 2020, com as entregas programadas. No entanto, os fornecedores apresentaram dificuldades logísticas para a entrega da dipirona, especificamente, por conta da pandemia“.

Agora, de acordo com a Prefeitura, um novo lote de 50 mil comprimidos chegou recentemente e já está disponível nas farmácias do Planalto, Nova Suíça e Graminha, além das UBSs referência do coronavírus: Boa Vista, Novo Horizonte, Morro Azul e Nova Europa. A Secretaria diz que, nessas unidades, não houve registro de falta, já que a distribuição desse medicamento é priorizado. Esse estoque, no entanto, deve durar entre 15 e 20 dias e a próxima remessa está prevista para chegar a partir de 15 de junho.

DIPIRONA EM GOTAS

A Secretaria de Saúde também diz ainda que a dipirona em gotas, com a mesma eficácia dos comprimidos, está disponível em todas as unidades com farmácia, com estoque até setembro de 2020. “A rede municipal de saúde está orientada a receitar a dipirona em gotas, mas não há domínio sobre clínicas particulares. Além disso, a pasta destaca que há disponível nas farmácias o medicamento paracetamol, analgésico semelhante ao dipirona, também com estoque até setembro”, finaliza a nota.