30 de maio de 2020

Paciente curada de coronavírus em Limeira sai da Unimed aplaudida por profissionais

Sandra, 47 anos, é uma das 22 pessoas recuperadas da doença na cidade


Por Renata Reis Publicado 24/04/2020
Foto: Reprodução Vídeo

Sandra, 47 anos, ficou mais de um mês internada em estado grave na Unimed Limeira com quadro de infecção respiratória. A Educadora apurou que, por quase 30 dias, ela ficou em coma induzido.

O caso desta paciente foi polêmico no início porque a tomografia dos pulmões indicava a possibilidade de infecção por coronavírus. Houve grande repercussão à época, quando a cidade não tinha casos positivos. Dias depois, apesar da gravidade do quadro de saúde dela, exames deram negativo para a doença. O resultado foi informado pelo prefeito Mario Botion, pois as doenças de notificação compulsória são responsabilidade da Vigilância em Saúde do Município, que centraliza as informações oficiais de todos os casos.

Ainda internada na Unimed Limeira, novos exames foram feitos. Um tempo depois, os três primeiros oficialmente confirmados na cidade foram divulgados, e Sandra estava entre os casos. O primeiro foi de um empresário, de 61 anos, que também foi curado após internação em São Paulo. O terceiro caso confirmado, de uma mulher de 77 anos, foi a óbito.

A alta hospitalar de Sandra aconteceu nesta sexta-feira (24), e foi sob os aplausos dos profissionais de saúde que cuidaram dela direta ou indiretamente. Pelos corredores até a porta de saída do hospital, foram muitas palmas e barulho de vibração pela vitória da vida da paciente, que lutou muito para poder ir para casa continuar a se recuperar fisicamente pelo tempo de internação porque, do vírus que tem preocupado o mundo, ela já está curada.

Sandra é uma das 22 pessoas curadas de Covid-19 em Limeira. Novo balanço foi divulgado hoje.

ASSISTA o momento em que Sandra é aplaudida pelos profissionais da saúde da Unimed Limeira.