14 de julho de 2020

MP quer saber causa de incêndio que poluiu região de condomínios em Limeira

Fogo mobilizou Corpo de Bombeiros no início da noite desta segunda-feira (1)


Por Renata Reis Publicado 02/06/2020

Após representação de moradora, a Promotoria de Defesa do Meio Ambiente em Limeira instaurou procedimento para investigar as causas de incêndio em área verde na região da Rodovia Dr. Cássio de Freitas Levy, que liga Limeira a Cordeirópolis, próximo a condomínios residenciais, como o Roland, no início da noite desta segunda-feira (1). Moradores da região relataram grande transtorno com a poluição provocada pelo fogo.

O promotor da área, Luiz Alberto Segalla Bevilacqua, despachou nesta terça-feira (2) e determinou à Cetesb, órgão de fiscalização ambiental, que, em 15 dias, informe o resultado de vistoria que indique se o incêndio causou poluição de qualquer natureza, em níveis que resultaram ou poderiam resultar em danos à saúde humana, ou que provocou a mortamente de animais ou, ainda, destruição significativa da flora, inclusive caso necessário os dados obtidos na inspeção in loco, também, deverão ser considerados para a apresentação da resposta.
O promotor quer também saber, entre outros, quais medidas deverão ser implementadas com o escopo de reparar/compensar o dano ambiental identificado.

À Prefeitura de Limeira, o Ministério Público também pede informações sobre o imóvel e a identificação do proprietário. Ao Corpode Bombeiros, o MP pede informações sobre a intervenção do órgão para combater o incêndio. Ao final, a Promotoria decidirá sobre outras providências.