05 de abril de 2020

MP pede que passes não utilizados sejam ressarcidos aos usuários do transporte coletivo de Limeira

Créditos valeram até sexta-feira, dia 14, e o total acumulado pela Viação Limeirense com passes não usados chega à cifra de R$ 3,5 milhões


Por Thayla Ramos Publicado 17/02/2020

O Ministério Público de Limeira (MP) moveu uma ação civil pública contra a Viação Limeirense, a Sancetur e a Prefeitura de Limeira. O promotor Helio Dimas de Almeida Júnior, da área do Consumidor, aponta irregularidades na perda de créditos do cartão de passe pelos usuários do transporte público com a vinda da nova empresa, que começou a atuar na cidade neste sábado, dia 15.

Os créditos valeram até sexta-feira, dia 14, e o total acumulado pela Viação Limeirense com passes não usados, segundo o promotor, chega à cifra de R$ 3,5 milhões. ASSISTA!