09 de julho de 2020

Mesmo com liberação, igrejas evangélicas não retomam cultos em Limeira

Enquanto alguns ministérios reabriram as portas, outras denominações ainda se preparam para a reabertura com as restrições impostas pelo poder público; Igreja Presbiteriana de Limeira não pretende retomar as atividades presenciais


Por Thayla Ramos Publicado 02/06/2020

Apesar da liberação para a retomada dos cultos e atividades religiosas em Limeira, a Igreja Presbiteriana de Limeira decidiu manter as atividades online, sem previsão de volta das atividades presenciais. A decisão foi do Reverendo Jonas Zulske, pastor titular e presidente do Conselho. Segundo o pastor Nilton Tomazini, a medida é um ato de amor a cada membro e visitante.

Enquanto outras denominações já se organizam para retomar as atividades presenciais, o pastor da Igreja Presbiteriana de Limeira afirma que não há intenção e nem previsão para que os cultos voltem a acontecer presencialmente, mesmo com as precauções recomendadas pelo Ministério da Saúde.

A Igreja do Evangelho Quadrangular já retomou os cultos presenciais no último final de semana. Para controlar a entrada dos fiéis, foi disponibilizado um site para registro dos membros, garantindo que cada culto só ocuparia 30% da capacidade do templo, como é exigido por decreto estadual. O uso de máscara é obrigatório. Nas redes sociais, a Quadrangular recomendou que crianças com menos de 12 anos e adultos com mais de 60 anos, além de portadores de doenças crônicas, priorizem o culto online, que continua sendo transmitido nas redes sociais.

A Comunidade Evangélica Filadélfia continua transmitindo os cultos online e informou que ainda se prepara para retomar os cultos presenciais na próxima semana. Crianças e pessoas acima de 60 anos ou com qualquer tipo de comorbidade não devem comparecer. Os fiéis deverão retirar convites para cada culto, respeitando o limite de ocupação de 30% da capacidade do templo. Instruções serão passadas aos membros durante as próximas lives.

Já a Comunidade da Fé Church retomou os cultos presenciais no último domingo (31), distribuindo senhas na entrada para limitar o público. Mesmo assim, a igreja manteve um horário exclusivo para as transmissões online, que continuam, medida adotada também por outros ministérios enquanto houver limitação do público.