14 de julho de 2020

Máscaras são descartadas nas ruas de Limeira de forma irregular

Meio de proteção pode se transformar em meio de transmissão se descarte for não for correto


Por Renata Reis Publicado 02/06/2020
Foto: Robson Cabrini

Um acessório indispensável em tempos de pandemia, a máscara, pode evitar a transmissão do coronavírus, mas também pode ser um meio de contaminação se descartada de forma irregular. Limeirenses têm flagrado máscaras jogadas no meio das ruas, como na Avenida Laranjeiras, na Vila Queiroz, nesta segunda-feira (1).

A Educadora consultou a Vigilância em Saúde de Limeira que afirmou, por meio de nota, que “tão importante quanto a utilização desses meios de proteção é o descarte de forma adequada do material não-reutilizável, como luvas e máscaras”.

A recomendação é:
Máscaras sociais: lixo comum.
Máscaras institucionais utilizadas em ambientes hospitalares: destinação de Resíduos de Serviços de Saúde RSS (“lixo hospitalar”).
No site www.limeira.sp.com.br/coronavirus há um informe sobre o descarte correto das máscaras.