22 de novembro de 2019

Ipês-roxos na Avenida Laranjeiras: beleza nas ruas de Limeira

O secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Paulo Trigo, disse que as equipes de limpeza foram orientadas a não varrer as flores que caírem no chão das praças. “Dessa forma a população poderá apreciar os tapetes de flores que se formam nessa época do ano”, ressaltou


Por Estadão Conteúdo Publicado 08/07/2019
Crédito: Adilson Silveira/Prefeitura de Limeira
A floração de ipês-roxos-de-bola da Avenida Laranjeiras embelezaram a via e tem chamado a atenção da população nos últimos dias. O fenômeno ocorre uma vez ao ano e dura cerca de 15 dias. O diretor de Licenciamento, Fiscalização e Áreas Verdes, Rogério Mesquita, conta que além do efeito paisagístico, as flores trazem diversos benefícios ambientais. Além da polinização das abelhas, beijas-flores também podem ser vistos em busca de néctar.
De acordo com ele, o departamento recebe muitos pedidos de remoção de árvores em razão da queda das folhas, no entanto esse processo faz parte do ciclo de vida delas. “As folhas não precisam ser vistas somente como uma sujeira, mas como material orgânico que inclusive pode ser reaproveitado para jardinagem”, frisa. Mesquita ainda complementa: “precisamos do apoio e parceria da população para que todos os benefícios ambientais, incluindo o embelezamento da nossa cidade, sejam alcançados”.
O secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Paulo Trigo, disse que as equipes de limpeza foram orientadas a não varrer as flores que caírem no chão das praças. “Dessa forma a população poderá apreciar os tapetes de flores que se formam nessa época do ano”, ressaltou. De acordo com ele, a iniciativa visa valorizar as nossas árvores floríferas: “Assim como ocorre Japão, com a cultura de festejar a floração das cerejeiras, que dura até cinco dias, podemos festejar a floração dos nossos ipês. O ipê amarelo, por exemplo, pode durar quase um mês”.