15 de agosto de 2020

Em crise, ZF confirma demissões em Limeira

A Educadora apurou com representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira, que as demissões na unidade de Limeira passariam de 100 trabalhadores


Por Ana Paula Rosa Publicado 08/07/2020
ZF Trw Limeira
Foto: Google Maps

Devido a pandemia de covid-19 e da retração no mercado no setor de autopeças, A ZF confirmou, em nota enviada à Educadora nesta quarta-feira (8), que o “ajuste de quadro de funcionários se tornou inevitável”. A Educadora apurou com representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira, que as demissões na unidade de Limeira passariam de 100 trabalhadores. O sindicato, que segue em tratativas com a empresa, não foi informado do número exato das demissões. A empresa não confirmou quantos funcionários serão desligados.

Segundo a ZF, a produção nacional tem registrado quedas expressivas: 39,5% para veículos leves, 40,6% para caminhões e ônibus no acumulado até junho de 2020, em comparação ao ano anterior. As últimas perspectivas divulgadas pela associação para este ano preveem queda total de 40% na venda de veículos (leves e pesados).

Portanto, a empresa confirma que “com as projeções de vendas abaixo do planejado para 2020 e a necessária readequação à realidade de mercado dos próximos anos, foi necessário o ajuste em seu quadro de colaboradores”.

A empresa pondera que desde o início dos casos de covid-19 no Brasil, a ZF tomou todas as providências disponíveis e cabíveis para a garantia da saúde e proteção de seus colaboradores. Dentre elas, todas ações ao seu alcance para
preservação dos empregos, como férias coletivas, suspensão contratual e
redução de jornada, de acordo com a legislação vigente.

Leia abaixo, na íntegra, a nota enviada pela ZF:

Foto: Reprodução