20 de setembro de 2019

Delegada que atua no caso Neymar é limeirense

Juliana Lopes Bussacos comanda a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de Santo Amaro, onde denúncia foi registrada por modelo


Por Nani Camargo Publicado 10/06/2019

A delegada Juliana Lopes Bussacos, que comanda a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de Santo Amaro, é de Limeira e tem familiares na cidade. É ela quem está à frente do caso envolvendo o jogador Neymar, acusado de estupro pela modelo Najila Trindade.

Juliana foi para São Paulo para cursar Direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie e por lá ficou, se tornando delegada posteriormente, hoje titular da DDM em que a modelo registrou o crime contra o atleta do Paris Saint-Germain.

Danilo Garcia de Andrade, advogado de Najila, esteve na DDM na tarde desta segunda-feira (10) e disse para delegada que deixará o caso se a sua cliente não entregar celular ou tablet com vídeo de sete minutos até a meia-noite.

A mulher registrou boletim de ocorrência, no último dia 31, acusando o jogador de estuprá-la no dia 15 de maio em um hotel em Paris. Ela teria imagens que comprovariam o crime em seu tablet.

Foto: Reprodução TV Globo