12 de julho de 2020

Contra aglomeração, Botion não descarta fechar acesso ao Parque Limeirão

Reportagem da Educadora flagrou idosos, crianças e famílias inteiras passeando ou praticando atividades físicas ao redor do estádio na tarde desta terça-feira (31); não havia nenhuma fiscalização da Prefeitura


Por Thayla Ramos Publicado 01/04/2020
Foto: Henry Curcio/ Educadora

Seria uma cena comum se o período não fosse de isolamento social. Famílias inteiras caminhando ao redor do Limeirão. Idosos, jovens e crianças usavam a pista de caminhada ou as quadras esportivas. Teve quem levou o cachorro para passear, ou foi dar uma volta de bicicleta. E na maior parte dos casos, em grupo. O flagrante foi feito pela reportagem da Educadora no final da tarde desta terça-feira (31).

Recentemente, para garantir o cumprimento da quarentena, prevista em decretos estadual e municipal, o prefeito Mario Botion anunciou a criação de uma “força tarefa”. O grupo é formado por fiscais da Prefeitura de Limeira e atua a partir de denúncias da população, pelo telefone 156, com participação das forças de segurança da cidade, como Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar.

Na semana passada, sobre a circulação de munícipes nos arredores do Limeirão, bem como a presença de crianças no local, a orientação da Prefeitura de Limeira era a mesma: a população devia evitar aglomerações. Segundo o poder público, para preservar a necessidade de isolamento, a GCM e PM iriam percorrer a região para orientar os frequentadores do espaço. Mas nenhuma viatura foi vista enquanto a reportagem permaneceu no local.

Em pronunciamento na tarde desta quarta-feira, 1° de abril, Botion afirmou que uma equipe da Guarda Civil Municipal foi acionada e esteve no local orientando os munícipes. Se a fiscalização orientativa não funcionar, o prefeito não descarta fechar o acesso ao Parque Limeirão. Durante o pronunciamento, Botion afirmou ainda que a prática de atividades físicas deve ser feita apenas individualmente. ASSISTA!