07 de abril de 2020

Com abaixo-assinado da Alpa, Prefeitura anuncia castração de cães e gatos de famílias carentes em Limeira

Animais de rua também poderão ser incluídos nesta ação, que deverá ser permanente


Por Redação Educadora Publicado 21/02/2020
Foto: Divulgação/Prefeitura de Limeira

A Prefeitura de Limeira anunciou na noite desta sexta-feira (21) que publicará nos próximos dias um edital para chamamento público para credenciamento de clínicas e hospitais veterinários para dar início a um processo de castração de cães e gatos. O anúncio aconteceu após encontro com representantes da Associação Limeirense de Proteção Animal (Alpa), que entregaram ao prefeito Mario Botion (PSD) um abaixo-assinado com mais de 20 mil assinaturas em que solicita ao Poder Público a realização de castrações.

Por meio de nota, Botion diz que entende a causa e que trata-se também de saúde pública.

Somente serão credenciadas clínicas que estejam regularizadas e que contemplem todas as exigências legais para esse tipo de atividade. “Vamos buscar o maior número possível de clínicas”, declarou o prefeito.

O prefeito Mario Botion enfatiza que o atendimento terá um caráter social, tanto em relação ao custo a ser cobrado pelas clínicas para a castração quanto para o perfil dos proprietários de animais que serão atendidos. Serão cães e gatos errantes (que vivem nas ruas) e aqueles que pertencem às famílias mais vulneráveis. Nesse último caso, será utilizado cadastro social do Ceprosom.

O edital será publicado nos próximos 15 dias – dando, então, início aos prazos para credenciamento. Após esse processo, a castração terá início efetivamente. Previsões dão conta que 5 mil animas poderão ser castrados nesta primeira fase.

CASTRA MÓVEL

A Prefeitura também já adquiriu um castra-móvel que deve ser entregue no final do mês de março. O atendimento será feito de forma itinerante nos bairros da cidade.

Botion também agradeceu ao trabalho do deputado federal, Miguel Lombardi. “O Miguel também vem atuando de forma muito firme para buscar alternativas para nos ajudar na implantação dessa política pública”, declarou.

CONQUISTA

A Alpa, por meio de sua presidente, Cassiana Fagoti, relatou que foram cinco meses de trabalho para obter as assinaturas. “Era muito importante, o prefeito assumir esse compromisso de política pública com essa causa”, declarou. “Vemos necessidade de a Prefeitura assumir isso de forma permanente, permitindo a castração gratuita nos casos específicos”, declarou. “Desejamos que dessa vez os animais de nossa cidade sejam assistidos”, complementou. Ao final do encontro, ela agradeceu ao trabalho do prefeito para essa conquista. “Estamos muito felizes”, declarou.

Durante a entrega do abaixo-assinado, estiveram presentes ainda a vice-presidente da Alpa, Milena Pacheco e a tesoureira da entidade, Larissa Maluf, além da advogada Valdete Koppe, que faz parte da Comissão de Meio Ambiente e Proteção Ambiental da OAB.

O prefeito estava acompanhado do secretário do Meio Ambiente e Agricultura, Paulo Trigo, e da primeira-dama e presidente do Fundo Social, Roberta Botion.