21 de outubro de 2020

Candidato a vereador em Limeira é multado por propaganda eleitoral antecipada

Multa do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo é de R$ 5 mil


Por Redação Educadora Publicado 15/10/2020 Atualizado em 16/10/2020 às 19:04
Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

O candidato a vereador de Limeira, Anderson Lucas de Paula, o Anderson do Uber (Podemos) foi multado em R$ 5 mil pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo por propaganda eleitoral antecipada.

De acordo com a acusação do Ministério Público, no dia 20 de setembro Anderson usou o WhatsApp para fazer propaganda eleitoral, com pedido explícito de voto para ele e para os candidatos a prefeito e vice de sua chapa.

Segundo o teor das mensagens encaminhadas através do aplicativo de mensagens instantâneas, “o pré-candidato Anderson teria noticiado que o partido Podemos teria confirmado o nome de seu candidato a prefeito (Murilo Félix), assim como a candidata a vice-prefeita que concorrerá na mesma chapa (Alessandra Stringheta-PSL). Entretanto, além de inserir a notícia com a fotografia dos candidatos, incluiu expresso pedido de votos em favor de sua pessoa e dos dois candidatos”.

Em sua defesa, o candidato a vereador alegou que “o caso se deu em grupo fechado de WhatsApp, onde fez uso de sua liberdade de expressão, conforme entendimento do TSE sobre o assunto”, e afirmou ainda que “os demais candidatos mencionados na mensagem não tinham conhecimento dos fatos”. A decisão cabe recurso.

*Texto: Mayta Castilho