21 de outubro de 2019

Câmera instalada próximo à passarela na Limeira-Piracicaba foi usada em 161 multas

Autuações, segundo informou a Polícia Militar Rodoviária, ocorreram de 1º de janeiro a 9 de outubro deste ano


Por Danilo Janine Publicado 10/10/2019
Passarela "Tarcisio Donadelli", conhecida como "Passarela do Cotil" está localizada no km 113 da rodovia Deputado Laércio Corte - SP 147, em Limeira.
Passarela “Tarcisio Donadelli”, conhecida como “Passarela do Cotil” está localizada no km 112+580 da rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), em Limeira.

A câmera de monitoramento de veículos instalada próximo à passarela em frente ao Cotil e a FT/Unicamp, na Rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), que liga Limeira à Piracicaba, foi usada pela Polícia Militar Rodoviária na aplicação de 161 multas entre 1º de janeiro e 9 de outubro deste ano.

Segundo informou o comando da Polícia Militar Rodoviária, câmeras utilizadas para o monitoramento em rodovias, como a instalada no km 112+580m também podem ser usadas pela polícia para a aplicação de multas.

O CASO

Uma fake news que circula nas redes sociais fez com que motoristas que usam a rodovia imaginassem que um novo sistema de monitoramento tivesse sido instalado próximo à passarela. Na verdade, o equipamento existe desde 2004 e tem duas funções, conforme nota enviada à Educadora pela Arteris/Intervias, que administra a rodovia. “A câmera é utilizada tanto para monitoramento operacional da rodovia como para aplicação de infrações por parte da Polícia Militar Rodoviária. O equipamento está instalado no local (km 112+580m) desde setembro de 2004″, cita a nota enviada pela concessionária.

Já a Prefeitura de Limeira chamou de mentirosa a informação em sua página no Facebook. Na nota, a administração municipal citou “que é mentirosa uma informação que está circulando em grupos de Whatsapp afirmando se tratar de um radar de monitoramento de velocidade, uma câmera instalada sob a passarela do Cotil, na Rodovia SP-147, no sentido Piracicaba-Limeira. Na verdade, o equipamento trata-se de uma câmera de responsabilidade da Intervias (concessionária que administra a rodovia) utilizada para acompanhamento de fluxo de veículos”. A nota não informou que a Polícia Militar Rodoviária pode usar as câmeras na aplicação de multas. (veja abaixo)

 

Reprodução/Facebook