09 de julho de 2020

7 de junho na História

Hoje é dia de Santo Antônio Maria Gianelli; em 1929, é ratificado o Tratado de Latrão, que concede soberania do Estado do Vaticano; em 1977, 500 milhõs de pessoas assistem pela TV a celebração do Jubileu de Prata da Rainha Elizabeth II; em 2000, a ONU define a fronteira entre Israel e Líbano


Por Redação Educadora Publicado 07/06/2020
A Rainha ELizabeth II durante as comemorações do Jubileu de Prata. Foto: Arquivo/Royal Collection

Em 1929, é assinado o Tratado de Latrão, que reconhece a soberania do Estado do Vaticano;

Em 1977, 500 milhões de pessoas assistem pela TV o principal dia de comemorações do Jubileu de Prata da Rainha Elizabeth II;

Em 2000, a ONU define a fronteira entre Israel e Líbano;

Santo Antônio Maria Gianelli

Antônio Maria Gianelli nasceu, no dia 12 de abril de 1789, em Cereta, Itália. Seus pais eram pobres agricultores e não tinham meios para que o filho continuasse seus estudos. Todavia, uma senhora chamada Nicoletta Assereto, dona das terras que eles cultivavam, custeou os estudos do jovem, que pôde frequentar como aluno externo as aulas do seminário e, depois, entrar e ordenar-se em 1812.

Nomeado vigário de São Mateus em Gênova, inscreveu-se na Congregação dos Missionários Suburbanos, fundada em 1773, para se dedicar às pregações populares. Além disso, ensinou retórica, por uma dezena de anos, no colégio de Carcare e, depois, no seminário de Gênova.

Era membro da diretoria da sociedade econômica, que mantinha um asilo de caridade e trabalho para órfãos, por isso, convidou um grupo de senhoras para ajudar neste asilo e, assim, nasceu o Instituto das Filhas de Maria do Horto.

Desempenhou as funções episcopais com muito zelo apostólico, visitando todas as paróquias da diocese. Morreu, em Piacenza, em 7 de junho de 1846. Foi beatificado por Pio XI, em 1925, e canonizado por Pio XII 1951.

Fonte: Canção Nova

  • 421 — Imperador Teodósio 2.º casa-se com Aelia Eudocia. O casamento foi celebrado em Constantinopla (Império Bizantino).
  • 879 — Papa João 8.º reconhece o Principado da Croácia Dálmata sob o governo do Duque Branimiro como um Estado independente.
  • 1099 — Início do Cerco de Jerusalém pelos exércitos da Primeira Cruzada.
  • 1420 — Tropas da República de Veneza capturam Udine, encerrando a independência do Patriarcado de Aquileia.
  • 1494 — Portugal e a Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas, dividindo entre si o Novo Mundo
  • 1692 — Port Royal, Jamaica, é atingida por um sismo catastrófico; em apenas três minutos, 1.600 pessoas morrem e 3.000 ficam gravemente feridas.
  • 1788 — Revolução Francesa: Jornada das Telhas: civis em Grenoble jogam telhas e vários objetos sobre as tropas reais.
  • 1832 — A Grande Reforma da Inglaterra e País de Gales recebe aprovação real.
  • 1863 — Durante a Segunda intervenção francesa no México, a Cidade do México é tomada por tropas francesas.
  • 1880 — Guerra do Pacífico: a Batalha de Arica, o assalto e captura de Morro de Arica (Cabo de Arica), termina com a Campaña del Desierto (Campanha do Deserto).
  • 1905 — O parlamento da Noruega dissolve sua união com a Suécia. A votação foi confirmada por um plebiscito nacional em 13 de agosto daquele ano.
  • 1917 — Primeira Guerra Mundial: Batalha de Messines: soldados aliados detonam uma série de minas sob as trincheiras alemãs em Messines Ridge, matando 10 mil soldados alemães.
  • 1929 — Tratado de Latrão é ratificado, reconhecendo a total soberania da Cidade do Vaticano.
  • 1940 — Rei Haakon 7.º, o príncipe herdeiro Olavo e o governo norueguês deixam Tromsø e partem para o exílio em Londres. Retornarão exatamente cinco anos depois.
  • 1942
    • Segunda Guerra Mundial: a Batalha de Midway termina com uma vitória americana.
    • Segunda Guerra Mundial: Campanha das Ilhas Aleutas: soldados imperiais japoneses começam a ocupar as ilhas americanas de Attu e Kiska, nas Ilhas Aleutas, no Alasca.
  • 1948 — Edvard Beneš prefere renunciar ao mandato de Presidente da Tchecoslováquia a assinar uma Constituição que torna sua nação em um Estado comunista.
  • 1962 — A Organisation Armée Secrète (OEA) incendeia o edifício da biblioteca da Universidade de Argel, destruindo cerca de 500.000 livros.
  • 1967 — Guerra dos Seis Dias: soldados israelenses entram em Jerusalém.
  • 1977 — 500 milhões de pessoas assistem na televisão ao dia principal das celebrações do Jubileu de Prata da Rainha Isabel II.
  • 1981 — Força Aérea Israelense destrói o reator nuclear iraquiano Osiraq durante a Operação Ópera.
  • 1991 — Monte Pinatubo, nas Filipinas, entra em erupção, gerando uma coluna de cinzas com 7 quilômetros de altura.
  • 2000 — Nações Unidas definem a Linha Azul como a fronteira entre Israel e o Líbano.