13 de August de 2020

3 de julho na História

Hoje é dia de São Tomé; em 1886, Karl Benz mostra o primeiro automóvel projetado para receber um motor; em 1969, o foguete soviético N-1 explode na base de lançamento; em 2013, um golpe de estado no Egito derruba o presidente Mohamed Mursi


Por Redação Educadora Publicado 03/07/2020
Foto: Reprodução

Em 1886, Karl Benz apresenta o primeiro veículo projetado para ser movido a motor;

Em 1969, o foguee soviético N-1 explode e destrói a plataforma de lançamento onde estava montado;

Em 2013, um golpe de estado no Egito derruba o presidente Mohamed Mursi e suspende a constituição do país;

São Tomé

Pertencente ao grupo dos doze apóstolos, o Senhor o chamou dentro de sua realidade, com suas fraquezas e até com suas crises de fé.

Nosso Senhor Jesus revelou a nós coisas maravilhosas através de São Tomé:

“Tomé lhe disse: ‘Senhor, nós nem sabemos para onde vais, como poderíamos saber o caminho?’ Jesus lhe disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai a não ser por mim” (Jo 14,6).

Tomé nunca teve medo de expor a realidade de sua fé e de sua razão, que queria saber cada vez mais e melhor. Quando Jesus apareceu aos apóstolos ao ressuscitar, Tomé não estava ali, então, encontramos seu testemunho: “Oito dias depois, os discípulos encontravam-se reunidos na casa, e Tomé estava com eles. Estando as portas fechadas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado e não sejas incrédulo, mas crê!” Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” (Jo 20,26-28).

O Papa São Gregório Magno meditando essa realidade de São Tomé diz: “A incredulidade de Tomé não foi um acaso, mas prevista nos planos de Deus. O discípulo, que duvidando da Ressurreição do Mestre, pôs as mãos nas chagas do mesmo, curou com isso a ferida da nossa incredulidade”.

Segundo a Tradição, Tomé teria ido, depois de Pentecostes, evangelizar pelo Oriente e Índia onde morreu martirizado, ou seja, morreu por amor, testemunhando a sua fé.

Fonte: Canção Nova

·  324 — Batalha de Adrianópolis: Constantino derrota Licínio, forçando-o a retirar-se para Bizâncio.

·  987 — Hugo Capeto é coroado rei da França. É o primeiro rei da dinastia capetíngia.

·  1822 — Criação do Ministério da Justiça do Brasil.

·  1844 — O último casal de Arau-gigante é morto.

·  1849 — A França invade a República Romana e restaura os Estados Papais.

·  1863 — Guerra de Secessão: o último dia da Batalha de Gettysburg culmina com a Carga de Pickett.

·  1866 — A Guerra Austro-Prussiana é decidida na Batalha de Königgrätz, resultando no momento ideal para os líderes prussianos abrirem caminho na direção da Unificação da Alemanha, com exclusão da Áustria.

·  1884 — Dow Jones & Company publica sua primeira média de ações.

·  1886 — Karl Benz apresenta oficialmente o Benz Patent-Motorwagen, o primeiro veículo “projetado” para ser movido a motor.

·  1898 — A esquadra espanhola, liderada por Pascual Cervera y Topete, é derrotada pela esquadra americana sob o comando de William T. Sampson na Batalha de Santiago de Cuba.

·  1938 — O recorde mundial de velocidade para uma locomotiva a vapor é fixado na Inglaterra, pela Mallard, que atinge uma velocidade de 202,58 km/h).

·  1940 — Segunda Guerra Mundial: para impedir que navios caiam em mãos alemãs, a frota francesa do Atlântico baseada em Mers El Kébir é bombardeada pela frota britânica, vinda de Gibraltar.

·  1944 — Segunda Guerra Mundial: Minsk é libertada do controle nazista pelas tropas soviéticas durante a Operação Bagration.

·  1969 — Corrida espacial: a maior explosão na história dos foguetes ocorre quando o foguete soviético N-1 explode e destrói sua plataforma de lançamento.

·  1988

  • O navio de guerra da Marinha dos Estados Unidos, USS Vincennes, abate o voo Iran Air 655 sobre o Golfo Pérsico, matando todas as 290 pessoas a bordo.
  • A Ponte Fatih Sultão Mehmet em Istambul, Turquia, é completada. É a segunda ponte que conecta a Europa com a Ásia pelo Bósforo.

·  1996 — A Pedra da Coroação é devolvida para a Escócia.

·  2013 — Golpe de Estado no Egito derruba o então presidente Mohamed Mursi, sendo também suspensa a constituição.

·  2019 — Forças associadas ao general Khalifa Hafter matam 53 pessoas e ferem outras 130 em bombardeamento aéreo do centro de detenção de Tajura, em Trípoli, Líbia.