18 de junho de 2019

Exportação de carros cai 45% no primeiro quadrimestre puxada por crise argentina, diz Anfavea

Entre março e abril de 2019, a produção nacional cresceu 11,1%


Por Folhapress Publicado 07/05/2019
Divulgação

As exportações de veículos no Brasil seguem apanhando devido à crise argentina.

De acordo com dados da Anfavea (associação das montadoras instaladas no país) divulgados nesta terça-feira (7), os números recuaram em todas as bases de comparação apresentadas: em abril, a queda foi de 10,5% na comparação com março.

Já em relação com o mesmo mês de 2018, o recuo chegou a 52,3%. No fechamento do primeiro quadrimestre, a retração foi de 45%, segundo a associação.

“A Argentina continua sendo um desafio. O cenário não é positivo para a Argentina e isso afeta diretamente o nosso negócio aqui no Brasil”, disse o presidente da associação, Luiz Carlos Moraes.

Em relação à produção, no fechamento dos quatro primeiros meses do ano, o saldo de veículos produzidos ficou em 965,4 mil, uma queda de 0,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Entre março e abril de 2019, a produção cresceu 11,1%, enquanto na relação com abril de 2018, o avanço foi mais tímido e teve alta de 0,5%.